Pesquisar neste blog

ANTES DE SAIR DESTE BLOG CLIC NUMA DE NOSSAS PUBLICIDADES

ACONTECENDO VOCÊ FICA SABENDO, AQUI:

terça-feira, 2 de março de 2010

PREFEITOS DO LITORAL PARTICIPAM DA ESCOLA DE GOVERNO E ASSINAM IMPORTANTE TERMO


O governador Roberto Requião e prefeitos de sete cidades do Litoral paranaense assinaram, durante a Escola de Governo de hoje, terça-feira (2), termo de cooperação para o funcionamento da Universidade no Litoral, em conjunto com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá (FAFIPAR). O objetivo é realizar ações educacionais integradas, ofertar cursos de graduação, técnicos e atividades de pesquisas e extensão nos municípios.

Segundo Requião, a idéia de construir um campus da UFPR em Matinhos surgiu para garantir desenvolvimento humano, cultural e econômico da região litorânea, ampliando o acesso à educação superior e com prioridade para a comunidade local.

“A sede da UFPR Litoral foi construída com recursos do Paraná, por meio de uma parceria que entregou o imóvel em comodato. Foi uma solução para desenvolver as cidades e melhorar a vida no Litoral fora de temporada. Investimos R$ 15 milhões nas obras de construção e mais R$ 5 milhões recentemente, totalizando R$ 20 milhões.”, explicou o governador.

De acordo com o reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, o Paraná vive um período muito positivo para o ensino superior. “Temos a união das universidades estaduais e federal, temos o campus no Litoral, garantimos a Universidade Tecnológica Federal e, mais recentemente, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana, a Unila.”, enumerou ele.

A expectativa é que em 2012 a Universidade do Litoral atenda cerca de 2.020 estudantes e ofereça cursos de mestrado e doutorado interdisciplinares. Hoje o campus da UFPR em Matinhos tem 1.180 alunos, sendo que 75% são naturais de cidades litorâneas. Com proposta pedagógica fundamentada em projetos e 72% das aulas no período noturno, são oferecidos 15 cursos de graduação, dois de pós-graduação (em serviço social e em educação do campo) e 174 projetos de aprendizado.

Para Valdo Cavalett, diretor da UFPR Litoral, a parceria com o Governo do Estado, através das secretarias de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Educação; e Obras Públicas, foi fundamental para que as atividades dos alunos tivessem impactos positivos direto nas comunidades, fora das salas de aulas e por meio de ações solidárias e de desenvolvimento sustentável. “Nossa trajetória no Litoral é feita de luta, persistência, coragem, desafio e, acima de tudo, amor e cooperação”, disse ele.

“Nosso projeto educacional é voltado para aperfeiçoar o protagonismo e a capacidade de auto-gerenciamento das pessoas que moram nas cidades litorâneas e também em região de extensão no Vale do Ribeira, região paranaense com o menor índice de desenvolvimento humano. Nossos alunos são do Litoral e nossos professores, a grande maioria com doutorado, mora no Litoral. São pessoas comprometidas com a luta por melhorias e desenvolvimento local”, completou.

Atualmente, a Universidade realiza atividades em Antonina, Guaratuba, Guaraqueçaba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná. A atuação na região do Vale do Ribeira envolve os municípios de Adrianópolis, Cerro Azul, Doutor Ulysses, Itaperuçu, Rio Branco do Sul e Tunas do Paraná.

TERMO - Além do governador e do reitor da UFPR, assinaram o termo de cooperação a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Lygia Pupatto; o diretor da Fafipar, Antonio Alpendre da Silva; e os prefeitos: Eduardo Dalmora (Matinhos), José Baka Filho (Paranaguá), Carlos Augusto Machado (Antonina), Riad Said Zahoui (Guaraqueçaba), Evani Cordeiro Justus (Guaratuba), Amilton Paulo da Silva (Morretes) e Rudisney Gimenes (Pontal do Paraná). (AEN).
..................................................................................................................................................................
Agora é só aguardar os resultados para que o mercado de trabalho absorva a nossa juventude esperançosa pelo ainda, primeiro EMPREGO... 

Nenhum comentário: