Pesquisar neste blog

ANTES DE SAIR DESTE BLOG CLIC NUMA DE NOSSAS PUBLICIDADES

ACONTECENDO VOCÊ FICA SABENDO, AQUI:

quarta-feira, 29 de junho de 2011

COTOLENGO NEM A CHUVA ATRAPALHOU...SHOW


Elas fizeram a festa em frente ao Theatro....

A reestreia do espetáculo "Coro Cênico Cotolengo", da Escola de Educação Especial do Pequeno Cotolengo, aconteceu hoje na cidade de ANTONINA, no Theatro Municipal, às 15h, direcionadas para alunos de escolas públicas e escolas especiais sempre com ingresso livre. Aconteceu também apresentações nas cidades de Morretes, São Paulo e duas apresentações em Curitiba com o objetivo de levar essa história de aprendizado, superação e alegria a muitos estudantes. "Sendo assim, as duas primeiras cidades a receber o espetáculo não poderiam deixar de ser Antonina e Morretes, ambas prejudicadas pelas chuvas, poderão ter a alegria das apresentações nas cidades", comentou o gerente de projetos do Pequeno Cotolengo, Orley Boçon." O Pequeno Cotolengo através de sua Escola de Educação Especial vem desenvolvendo desde o ano de 2009 o projeto "Coro Cênico Cotolengo". Ao longo de 2009 e 2010 foram 11 apresentações em escolas de educação especial e escolas das redes pública e particular de Curitiba e Região Metropolitana, atingindo um público total de 5000 crianças. O Projeto é um grande espetáculo musico teatral envolvendo 45 alunos jovens e adultos com deficiência física e mental que residem na Instituição. Pretende estimular a criatividade e desenvolver habilidades artísticas e culturais, além da melhora físico-mental de cada participante. Para isso, profissionais de diversas áreas estão interagindo em todo o processo, entre eles professores de teatro e música, artistas plásticos, pedagogas, psicólogas, assistente social e designers. Segundo Alessandra Marquetti, diretora da Escola de Educação Especial Pequeno Cotolengo e Coordenadora do Projeto, "A importância desse Projeto para a pessoa com deficiência é inicialmente possibilitar à sociedade um olhar além da deficiência e o reconhecimento de suas habilidades. Também estimular e desenvolver a criatividade, a capacidade e as habilidades artísticas e culturais, trabalhando de forma lúdica o potencial de ‘eficiência' da pessoa com deficiência". O Projeto é realizado por meio do Ministério da Cultura - Lei Rouanet, e conta com o patrocínio da Volvo do Brasil, e apoio da Prefeitura de Antonina, Instituto Terressência, Teatro Positivo, FIEP e Rimatur.

CHEGOU A VEZ DE CONCRETIZAR A AJUDA AOS DESABRIGADOS DE ANTONINA ?


Prefeito Canduca na Cohapar em Curitiba ontem...


A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) recebeu nesta terça-feira (28) autorização da Câmara Municipal de Antonina para firmar convênio que prevê a construção de 88 unidades habitacionais, destinadas a moradores desabrigados pelas enchentes do início do ano. As famílias dos bairros Laranjeiras e Caixa d’Agua serão relocadas para uma área próxima à entrada da cidade e contarão com completa infraestrutura.

O prefeito de Antonina, Carlos Augusto Machado, entregou, ao diretor de Programas e Obras da Cohapar, Luciano Machado, cópia da lei municipal nº013/2011, sancionada no último dia 22, que autoriza o município a assinar o convênio, dando início ao processo de contratação das casas. As novas moradias possuirão 43,75m² e 48,19m² e serão adaptadas para deficientes físicos.

Luciano Machado lembrou que o Governo do Paraná e a prefeitura de Antonina viabilizaram os abrigos temporários, e agora, a partir dessa autorização, será possível iniciar o processo que devolverá às famílias moradia definitiva e volta à normalidade.

O prefeito pretende realizar, nos próximos dias, uma visita técnica à prefeitura de São Bento do Sul (SC), que possui um sistema de saneamento semelhante ao de Antonina. O objetivo é promover uma modificação do projeto de saneamento e incluir tratamento sanitário na região onde serão construídas as moradias.
...................................................................................................................................................................
Obs.: Comentários de Rosil do Pilar: A luta do Prefeito de Antonina, foi e está sendo muito grande, para conseguir tais recursos e revitalizar a cidade depois das enchentes de 11 de março, e principalmente amparar as dezenas de desabrigados que perderam tudo que tinham para as chuvas, literalmente ficaram com uma mão na frente e outra atraz. A única dúvida que os necessitados ainda tem é se estas 88 casas que irão ser contruídas no antigo campo do Batel, serão gratuitas ou serão financiadas pela COHAPAR ficando a conta final para os desabrigados ? Se alguem tiver a resposta, pode ajudar-me a exclarecer... 

sábado, 18 de junho de 2011

ANTONINA WEEKEND PARA ATRAIR TURISTAS ATRAVES DOS RESTAURANTES

 
Peixe grelhado na folha da bananeira...uhmmmm!!!!
Programe-se para hoje DOMINGO: 
Veja o que os restaurantes estão preparando para você:
Associação Siri do Portinho Rua Escoteiro Milton Oribe, s/nº. De sábado e domingo, das 11 às 16 horas. Degustação de siri – Fetuccini de pupunha com siri. R$ 25 por pessoa. Fone (41) 3432-3014.
Casa Verde Travessa Marinho de Souza Pinto, 34. Sábado, das 11h47 às 23 horas, e domingo, das 11h47 às 17 horas. Ravioli de camarão e abobora com creme de palmito. No almoço, rodízio com 11 itens a R$ 25 por pessoa. No jantar, o ravioli fará parte do cardápio à la carte do restaurante, a R$ 14,99 o prato. Fone (41) 3432-3612.
Baía de Antonina Rua Conselheiro Antonio Prado, 12. Sábado, das 11 às 16 horas e das 19 às 23 horas, e domingo, das 11 às 16 horas. Linguado com e castanha com guisado de banana e gengibre, a R$ 65. Fone (41) 3432-4016.
Cantinho de Antonina Rua Conselheiro Antonio Prado, s/nº – Mercado Municipal. Sábado, das 8 às 22 horas, e domingo, das 8 às 17 horas. Tainha recheada com siri, banana da terra e arroz 7 cereais, a R$ 45. Fone (41) 3432-0332.
Gusso Rua Candido de Oliveira, 80 – Ponta da Pita. Sábado, das 10 às 23 horas, e domingo, das 10 às 20 horas. Peixe branco grelhado com ervas servido com manteigas de curry e açafrão, farofa de dendê, a R$ 25 por pessoa. Fone (41) 3432-0273.
Le Bistrô Travessa Vitório Carraro, 25 – Centro Histórico. Sábado, das 11h30 às 16 horas e das 18h30 às 23 horas, e domingo, das 11h30 às 17 horas. Rodízio com 12 itens, a R$ 30. Fone (41) 3432-4947.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

LEMBRA-SE DISSO? ATE HOJE ANTONINA NÃO VIU A COR DESSE DINHEIRO...

Zico, matando saudades de amigos...
Richa agradece o povo pela ajuda...
Richa, bom de bola... 
Este jogo foi bonito, mas dinheiro que é bom não veio até agora pra nenhuma cidade do Litoral...




SÓ PRA RECORDAR ESTA QUINTA-FEIRA 07/04/2011
.........................................................................................................................................................
Mais de 22 mil pessoas assistiram ao Jogo da Solidariedade na noite de quinta-feira (7), na Arena da Baixada, que reuniu estrelas do futebol mundial, como Zico, Raí e Romário, na partida Amigos do Japão x Amigos do Paraná. A renda do jogo, de R$ 369.140, será destinada às vítimas das enchentes do litoral paranaense e dos terremotos e tsunamis do Japão.
O jogo, marcado pela alegria e descontração em campo, acabou empatado em 5 x 5. O governador Beto Richa jogou 27 minutos do primeiro tempo. O secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa, que representou o prefeito Luciano Ducci no evento, entrou no segundo tempo da partida.
"Assim como todas essas estrelas do futebol que vieram oferecer o seu apoio, o curitibano vestiu a camisa da solidariedade, lotou o estádio e ajudou a fazer desse evento um grande sucesso”, disse Marcello Richa.
Em campo, astros como Zico, Romário, Raí, Zinho, Amarildo, Zetti, Paulo Rink, Oséas e Careza fizeram a alegria da torcida, que vibrou em cada lance. O jogo foi organizado com apoio do governo estadual e a Prefeitura de Curitiba.
O ex-jogador Sicupira comandou os Amigos do Paraná. Valdir Espinosa, os Amigos do Japão. Para os craques, o resultado era o que menos importava. “O mais legal é ver esse estádio lotado e saber que estamos contribuindo para uma causa tão bonita. Ajudar faz bem para o coração”, disse Romário.
Um dos principais jogadores envolvidos na realização do Jogo da Solidariedade, Zico ressaltou que nenhum jogador cobrou para participar da partida. “Todos vieram na maior boa vontade, no objetivo de fazer desse espetáculo mais um exemplo de união e apoio ao próximo”, disse o Galinho.
Muito aplaudidos pela torcida, a dupla Romário e Zico protagonizaram os melhores momentos do primeiro tempo da partida, com tabelinhas, lances de efeito e um gol cada. Alcindo (2) e Washington (1) fizeram os outros gols dos Amigos do Japão.
Os Amigos do Paraná, que saíram atrás do marcador, foram liderados pelo atacante Paulo Rink, que marcou duas vezes. Oséas, Alberto e Amarildo fizeram os outros gols da equipe par

quarta-feira, 1 de junho de 2011

A UNIÃO FAZ A FORÇA PARA ATRAIR O TURISTA PELO ESTÔMAGO...



Um grupo de empresários de Curitiba se uniu a lideranças comunitárias de Antonina para incentivar a volta do turismo à cidade litorânea, prejudicado após as enchentes de março deste ano. Ontem, renomados chefs de cozinha curitibanos conversaram com donos de restaurante antoninenses para organizar um fim de semana gastronômico no município. O evento, programado para ocorrer nos dias 18 e 19 de junho, contará com a participação direta dos profissionais da capital. O “Antonina Weekend” é a primeira ação do projeto “Viva + Antonina”, que ainda deverá abrigar outras ações.
Sete restaurantes da cidade receberão sete chefs convidados que vão desenvolver uma receita nova e cozinhar ao longo do evento. Os pratos serão desenvolvidos levando em conta os produtos típicos da região, a disponibilidade dos fornecedores locais e a estrutura das cozinhas. “Basta incrementar um pouco o cardápio para que possamos atrair mais clientes. Dá para usar os ingredientes da região e acrescentar toques pessoais, como servir o peixe em uma folha de bananeira, por exemplo”, avalia a chef Manu Buffara. Após a realização do “Antonina Weekend”, a intenção é que os pratos apresentados passem a fazer parte do cardápio fixo dos restaurantes.
Os proprietários dos restaurantes participantes também receberão um curso gratuito de Administração e Marketing, a ser ministrado em uma das sedes do Centro Europeu, em Curitiba. “É importante coordenar várias ações para que a cidade não fique somente atrelada à gastronomia. As ações de marketing precisam divulgar outras possibilidades, como passeios no setor histórico. Assim, o turista passa a ter programa para o dia inteiro, e não apenas o almoço”, avalia Fernando Lino, professor de Marketing e Planejamento Estratégico do Centro Europeu.
Mobilização
A iniciativa de estimular o turismo litorâneo foi encampada pelos empresários curitibanos após encontros com representantes da comunidade local. “Um mês depois das chuvas, percebemos que nada ainda havia voltado ao normal. Restaurantes que tinham 20 empregados foram obrigados a dispensar 70% dos funcionários. Reunimos 700 pessoas no salão paroquial e discutimos maneiras de atrair os visitantes novamente”, lembra o padre Marcos José de Albuquerque, pároco da Igreja de Nossa Senhora do Pilar. “Queremos mostrar que a cidade não está destruída. Está pronta para oferecer seus serviços aos turistas”, conta.
A empresária Ana Eliza de Souza, proprietária do restaurante Le Bistrô, de Antonina, acredita que a iniciativa vai repercutir mesmo depois do encerramento do fim de semana gastronômico. “Toda essa mobilização precisaria ser feita mesmo se não tivesse ocorrido o desastre. Estávamos muito acomodados”, afirma.
A ação publicitária do “Viva + Antonina” está sendo produzida pela agência TheGetz, que também promoveu a campanha “Essa vaga não é sua nem por um minuto”, sobre o uso errado do estacionamento reservado a deficientes físicos.