Pesquisar neste blog

ANTES DE SAIR DESTE BLOG CLIC NUMA DE NOSSAS PUBLICIDADES

ACONTECENDO VOCÊ FICA SABENDO, AQUI:

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A VERDADE SOBRE O "CAULIM"

Foto meramente ilustrativa...


FICHA DE INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS QUÍMICOS
CAULIM
Rev.Set.2007
1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO
Nome do Produto:
CAULIM
Nome Químico:  Silicato de Alumínio
Fórmula Molecular:  Al2Si2O5(OH)4
Aparência:  Pó Fino
Cor: Branco a levemente creme
Odor:  Inodoro
Número de registro: (CAS): 1332-58-7
2 – COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES
Substância: Caulim
Nome químico comum ou nome genérico: Caulim - Al2Si2O5(OH)4
Sinônimos: Silicato de Alumínio, Argila
Registro no Chemical Abstract Service (CAS nº): 1332-58-7
Ingredientes que contribuam para o perigo: não aplicável
3 – IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS
Perigos mais importantes
Olhos: pode causar irritação nos olhos cujos sintomas são vermelhidão e lacrimejação
Pele: pode causar em pessoas alérgicas irritação cutânea cujo sintoma é ressecamento da pele
Ingestão: ingestão em grandes quantidades podem produzir distúrbios gastro-intestinais
Inalação: sua inalação em concentrações excessivas de poeira pode causar incômodos tais como tosse, espirro e irritação nasal. Sua principal rota de entrada no organismo se dá através desta forma
Efeitos do produto
Efeitos adversos à saúde humana: sinais e sintomas de exposição à este material durante inalação, ingestão e contato com a pele podem
incluir: desarranjo intestinal (náusea, vômito e diarréia). Este material pode formar poeiras que podem causar irritação da membrana mucosa ou da pele e embora possam causar irritação nas vias respiratórias, estas poeiras não afetam a estrutura pulmonar pois seus efeitos nos tecidos pulmonares são potencialmente reversíveis. Exposições crônicas deste material podem produzir fibrose pulmonar e granuloma estomacal
Efeitos ambientais: não causa impactos ambientais pois é um produto virtualmente inerte. Pequenos derramamentos devem ser recolhidos umedecendo-se preferencialmente o material derramado afim de se evitar formação de poeiras neste processo. Em grandes derramamentos deve-se proceder igualmente desta forma e se for possível, deve-se utilizar ventilação local exaustora nestas condições
4 – MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS
Olhos: remova a vítima imediatamente do local de exposição e lavar os olhos com água em abundância; se os sintomas persistirem, procurar imediatamente por um médico.
Pele: primeiros-socorros neste caso não são normalmente solicitados, entretanto é recomendado que as áreas expostas sejam lavadas com água e sabão. Persistindo o ressecamento de pele, deve-se usar um creme umectante para minimizar este efeito.
Ingestão: se grandes quantidades forem ingeridas, procure imediatamente por um médico. Dê agua em abundância para a vítima.
Inalação: remova a vítima imediatamente do local de exposição para um local com ar fresco e se os sintomas persistirem, procurar imediatamente por um médico. Se a respiração se tornar dificulta, administre oxigênio à vítima e mantenha-a em descanso.
5 – MEDIDAS DE COMBATE À INCÊNDIO
O produto não é inflamável ou explosivo, portanto não se aplicam meios de extinção a incêndio para o mesmo. Porém sua embalagem de papel kraft multifolhada pode ser inflamável, cujos meios de extinção aplicáveis são compatíveis com todas as técnicas disponíveis para combate a este tipo de material (água, pó químico, CO2, etc).
6 – MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO/VAZAMENTO
Contenha o derramamento e sempre que possível pulverize o mesmo com água afim de minimizar formação de poeiras. Manter longe de quaisquer fontes de ignição as embalagens de papel deste produto. Utilizar obrigatoriamente nesta situação máscara contra pó e óculos e se possível luvas e botas plásticas. Colocar o produto derramado em sacos ou em outros recipientes apropriados. Utilizar sempre que possível ventilação local exaustora nestas situações.
7 – MANIPULAÇÃO E ARMAZENAMENTO
Manuseio: evitar ao máximo agitar os sacos quando rasgá-lo de forma a prevenir a formação de poeiras e névoas. Utilizar equipamentos de proteção individual dentre os quais máscara contra pó, avental, luvas e óculos, bem como também se possível utilizar ventilação local exaustora durante seu manuseio.
Armazenamento: manter os sacos devidamente fechados e se possível paletizados e lonados, longe da umidade e em área coberta e ventilada. Não acondicionar sobre os blocos de materiais objetos que possam vir a rasgar a sacaria. Manter  ubstâncias incompatíveis distantes deste produto.
8 – CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Limites de exposição atmosféricos: OSHA Permissible Exposure Limit (PEL): 15 mg/m3 (TWA) de total particulado, 5 mg/m3 (TWA) de fração respirável; ACGIH Threshold Limit Value (TLV): 2 mg/m3 (TWA) para poeira respirável, A4 não classificável como carcinogênico humano; NIOSH Recomended Exposure Limits (REL): 10 mg/m3 (TWA) de total particulado, 5 mg/m3 (TWA) de fração respirável
Sistema de ventilação: um sistema de ventilação local exaustora é recomendado para manter os funcionários expostos a valores abaixos dos limites de exposição atmosféricos permissíveis. Este sistema de ventilação pode controlar a emissão dos particulados na origem, prevenindo dispersões dos mesmos na área de trabalho
Proteção respiratória: utilizar máscaras descartáveis classe PFF1 ou PFF2 para proteção de até 10 vezes o TLV permissível, e se o limite  de exposição é excedido acima deste valor recomenda-se utilizar máscaras do tipo semi-facial ou facial classe P2
Proteção das mãos: utilizar luvas de borracha ou tecido
Proteção dos olhos: utilizar óculos de proteção do tipo ampla visão, que permite uma proteção total dos olhos
Proteção do corpo: utilizar avental de tecido ou PVC
9 – PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS
Estado físico: sólido
Forma: pó fino
Cor: branca até levemente creme, dependendo do código do material
Odor: inodoro pH (solução 10 %): 3,0 - 8,5, dependendo do código do material
Ponto de ebulição: não aplicável
Ponto de fusão: 1750 ºC
Ponto de fulgor: não aplicável
Temperatura de auto-ignição: não aplicável
Limites de explosividade superior/inferior: não aplicável
Densidade: 2,0 - 2,7 g/cm3 , dependendo do código do material
Solubilidade: insolúvel em água
10 - ESTABILIDADE E REATIVIDADE
Instabilidade: estável em condições normais de uso e armazenagem
Reações perigosas: nenhuma Condições a evitar: umidade Materiais ou substâncias incompatíveis: nenhuma
Produtos perigosos da decomposição: não há produtos perigosos de decomposição
11 – INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS
Não há informações de LD50/LC50 disponíveis relacionadas a este material para as rotas normais das vias de exposição, bem como informações sobre toxicidade aguda e efeitos locais
12 – INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS E ECOTOXICOLÓGICAS
Produto virtualmente inerte, não se conhecendo nenhum efeito adverso sobre o meio ambiente.
13 – CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO
Sempre que o produto não puder ser recolhido para posterior utilização, deve ser destinado em local aprovado pelo regulamento local, estadual ou nacional. Normalmente são despejados no solo, em aterros municipais, não existindo um lixo específico para estes produtos nos órgãos de regulamentação de controle da poluição. Sua embalagem de papel kraft é reciclável
14 – INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE
Não possui classificação nacional e internacional para transporte, quaisquer que sejam seus meios de transporte e não é um produto classificado pela ONU como produto perigoso no que se refere a recomendações sobre transporte.
15 – REGULAMENTAÇÕES
Vide campo “Ficha de Emergência” contida no Certificado de Análise que acompanha o produto para informações básicas de segurança bem como recomendações de manuseio durante o transporte contidas na Declaração de Embarque que acompanha o produto.
16 – OUTRAS INFORMAÇÕES
Todas informações contidas nesta FISPQ representam os mais comuns conceitos relativos a este produto, através das mais diversas consultas bibliográficas efetuadas para sua posterior elaboração bem como também do conhecimento adquirido ao longo do tempo pela INDUKERN DO BRASIL na distribuição/ comercialização deste produto.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

IPHAN BOM OU RUIM PARA A CIDADE ? QUAL A SUA OPINIAO?


O conjunto histórico e paisagístico da cidade de Antonina, no Litoral do Paraná, foi tombado como o mais novo patrimônio cultural do país. A decisão, unânime entre os 22 membros do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Brasília, saiu na tarde de quinta-feira e agradou bastante à cúpula estadual do órgão e ao poder público.
“Ficamos muito felizes porque foi uma discussão muito rica em Brasília, e o resultado foi alcançado por unanimidade dos conselheiros. Isso significa o reconhecimento do nosso litoral, mais uma vez”, disse o superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho. A cidade é a terceira no Paraná a ser preservada pelo patrimônio histórico federal. A primeira foi a Lapa, em 1998, seguida de Paranaguá, em 2009.
Em Antonina, o tombamento compreende, além do centro histórico da cidade, o complexo das Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo (IRFM). O conjunto poderá ser ocupado pelas atividades portuárias, desde que sejam preservados e recuperados os imóveis mais importantes. Segundo o Iphan, além de proteger os imóveis históricos e o complexo paisagístico da cidade, o tombamento contribui para que os moradores de Antonina resgatem o apreço pela preservação da cidade.
Foram dois anos de análise pelo Iphan do pedido de tombamento, feito pelo próprio município. Entre os motivos que levaram Antonina a integrar o patrimônio histórico nacional está a história do primeiro ciclo do ouro no Brasil, no século 17, e a ocupação territorial no Sul do país. Além disso, há a importância do cenário da cidade, com a presença da Serra do Mar, da Mata Atlântica e da baía, que, juntas, dão ao local um visual único.
“Esses holofotes que o Brasil coloca agora sobre a cidade são importantes para que muitas pessoas sejam atraídas por Antonina. É um momento que deve contribuir com a recuperação também da autoestima da cidade e de todo o povo”, comenta La Pastina.
Prioridades
Com o tombamento aprovado, Antonina pode agora conseguir recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas, que se destina a recuperar a paisagem dos municípios antigos. Entre os projetos de melhoria estão a remoção da fiação aérea no município, o incentivo ao turístico náutico, a requalificação da mão de obra na cidade (principalmente nos restaurantes) e o planejamento urbano (que inclui a proteção das encostas).
Processo
Foram dois anos de análise pelo Iphan do pedido de tombamento, feito pelo próprio município. Entre os motivos que levaram Antonina a integrar o patrimônio histórico nacional está a história do primeiro ciclo do ouro no Brasil, no século 17, e a ocupação territorial no Sul do país.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

SAIU O CONCURSO DA PREFEITURA! QUEM ESTUDAR COM CERTEZA PASSARÁ...

 

Concurso Publico 001/2012


As vagas disponíveis são :
- Auxiliar de Serviços Gerais - valor da inscrição R$20
- Motorista D/E - valor da inscrição R$20
- Professor Classe A - valor da inscrição R$20
- Professor de Educação Física - valor da inscrição R$40
- Técnico em Enfermagem - valor da inscrição R$40
As inscrições poderão ser realizadas de 30/01/2012 a 16/02/2012 através do site www.exatuspr.com.br e/ou www.antonina.pr.gov.br.
Para consultar todos os detalhes, faça o download do edital do concurso 001/2012  site oficial da Prefeitura.
Informações: (41)3978-1049 ou 3978 1015
......................................................................................................................

FEDEU! A FARRA DAS DIÁRIAS. É BOM NEM TENTAR EXPLICAR OU COMENTAR...


Folhando a Gazeta do Povo, do último  domingo, no caderno Vida Pública, leia o que eu encontrei, isso se voce já não tiver lido, leia também abaixo na "foto" o nome da penúltima cidade, mas NO STRESS...  
....................................................................................................................................................
Gastos de câmaras do Paraná com viagens quase se equivalem às despesas com salários. E há indícios de que a verba é usada para aumentar os vencimentos dos vereadores.
O pagamento de diárias de viagem em diversas câmaras municipais do Paraná está se transformando num imenso ralo no qual escoa o dinheiro público. Duran­­te um mês, a reportagem da Gazeta do Povo se debruçou sobre informações oficiais dos gastos de todas as câmaras do estado. Descobriu que há preferência por viagens a cidades turísticas. Que existem municípios em que os parlamentares viajam todos os meses. Que o gasto com as diárias quase se equivale ao pagamento da folha salarial. E pior: encontrou indícios de que vereadores e funcionários de legislativos municipais podem estar usando as diárias como subterfúgio para aumentar os próprios vencimentos.
Técnicos do Tribunal de Contas do Paraná (TC), órgão responsável por fiscalizar as câmaras, suspeitam da fraude. Mas dizem que é difícil comprová-la com a estrutura de que dispõem. E sugerem que o caso deveria ser investigado pela polícia ou pelo Ministério Público (MP). As diárias, em tese, servem apenas para custear a hospedagem e a alimentação.
 

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

EM ATENÇÃO A UM ANÔNIMO QUE ME PEDIU PARA PUBLICAR IMPORTANTE MATERIA...

Favor divulgar no seu blog:
SERVIDOR PÚBLICO JÁ PODE ESCOLHER ONDE RECEBER SEU SALÁRIO

Os servidores Públicos, agora, podem receber o salário no banco de sua preferência, não sendo mais obrigado a utilizar os serviços da instituição financeira que tem convênio com o Município de Antonina, suas autarquias e fundações . A portabilidade da conta entrou em vigor a partir do dia primeiro de janeiro deste ano.
Esse benefício chegou três anos depois da liberação para os funcionários de empresas privadas. O Banco Central do Brasil (BC) instituiu também, a chamada conta-salário dos servidores públicos, que poderá ser aberta em qualquer agência da rede bancária nacional, seja em bancos privados ou públicos. Até o momento, as instituições públicas vendiam as contas de seus funcionários para bancos específicos, e o servidor era obrigado a manter a conta-salário em um banco estranho à sua vontade.
Com as Resoluções 3.402/2006 e 3.424/2006 do Conselho Monetário Nacional, que entraram em vigor no dia 01/01/2012 os empregados e servidores públicos de todas as esferas, federal, estadual ou municipal têm o direito a movimentar seu salário no Banco que escolher. Uma das vantagens é que este tipo de conta é isenta da maioria das taxas. O servidor passa a contar com a possibilidade de receber o vencimento sem pagar tarifa. A ausência de cobrança vale, por exemplo, para transferência de valores para contas de outros bancos. Ou, ainda, se uma pessoa tiver empréstimo em determinada instituição bancária, poderá, por exemplo, transferir a dívida para outro banco, mantendo as condições do contrato ou até melhorando-as.
Como solicitar a portabilidade do salário
Os proventos vão continuar a ser creditados no banco atual, mas será possível solicitar que este valor seja automaticamente transferido para o banco de preferência do servidor, mensalmente, sem nenhum custo. O funcionário público que tiver interesse em usufruir do benefício deve procurar a agência na qual possui conta atualmente e informar para qual banco quer que o dinheiro passe a ser transferido.
O pedido deve ser feito de forma escrita ao banco, com a informação da conta em que o valor passará a ser creditado. Com o comunicado, o Banco terá que transferir, sem custo e no mesmo dia, o salário do cliente para a conta informada previamente.

...................................................................................................................................................................

 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

CONFIRA O CALENDARIO

ELEIÇÕES 2012

20 de janeiro – Final do prazo para recadastramento biométrico dos eleitores em Curitiba;

09 de Maio – Último dia para o eleitor tirar o título eleitoral ou transferir o documento, bem como para o eleitor portador de deficiência requerer transferência para seção eleitoral especial;


26 de Maio – Liberação da propaganda intrapartidária dos pré-candidatos, desde que não usem rádio, televisão e outdoor;


30 de Junho – Último dia para realização de convenções para a escolha de candidatos;


05 de Julho – Último dia para registrar candidaturas;


06 de Julho – Liberação da propaganda eleitoral nas ruas, com uso de amplificadores de som, comícios e propagandas na internet;


07 de Julho – Os agentes públicos ficam impossibilitados de contratar, demitir ou transferir servidor público. Os candidatos não podem comparecer a inaugurações;
21 de Agosto – Início do período da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão;

04 de Outubro – Fim da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Último dia para debate político no rádio e na televisão;


07 de Outubro – Dia da eleição;


28 de Outubro – Segundo turno;


19 de Dezembro – Último dia para a diplomação dos eleitos.

Fonte: TSE - Texto veiculado no Jornal Gazeta do Povo deste sábado, 14.01.2012)

................................................................................................................................................
Obs.: Tem gente por aí falando besteiras de que não se pode realizar Concurso Público em ano eleitoral. Então é só dar uma conferida no dia 07/07 deste Calendário e tirar as suas conclusões, antes de tirar a esperança de milhares de desempragados de nosso Municípío e do Litoral.
Abço a todos e comentem a vontade... 

sábado, 14 de janeiro de 2012

OI! ESTAMOS DE VOLTA DEPOIS DE UM BREVE DESCANÇO. RSRSRSR



Meu Senhor, já estamos em 2012 xiiiiiiií ! Danou-se estamos em ano Eleitoral, vem  aí:  EU PROMETO !!!
Pois é minha gente, estamos em mais um ano dos "milagres", a partir de agora tudo será  possível, asfalto para o Cedro; Muro de arrimo nas encostas dos morros para evitar tragédias com as chuvas; Cobertura no Campo do Plínio; Canalização do Rio Riachuelo, da Bento Cego; Calçamento das ruas transversais a Av.Thiago Peixoto, (Beco do Tavinho, Viúvas, Olavo Saydel, Chafariz, João Leão, Itapetininga, etc) ; Conclusão da Rua Ricardo do Rosário, Lot. Capelista, Sermara, Praia dos Polacos; Conclusão da Estação de Tratamento  do Samae, no Tucunduva; Conclusão do Centro de Eventos, frente ao 29 de Maio; Transporte Marítimo  para a Escola do Cedro. Patati patatá.... Ou  seja,  tudo será possível para os especialistas e entendidos em Antonina. Será?
Mas a grande pergunta que fica no ar é o que realmente o POVO CAPELISTA espera dos futuros POLÍTICOS já em campanha disfarçada??? ´CHEGOU A HORA DE REPENSAR ANTONINA E O RESTO DO LITORAL...

AH! VEM AI  EM PROJETO,  O MEU LIVRO:  AINDA SEM TÍTULO = MEU BLOG NO PAPEL. ( Pensa que é só o Eduardo Bó que escreve Livros ?  Não sei se terei o apoio da  Cultura, igual a ele...Mas chegaremos lá, também tenho os meus contatos.) rsrsrsr.
- Para os comentaristas e críticos de plantão, é bom saber que neste Livro, eu pretendo revelar os Segredos dos Bastidores do Serviço Público, onde fui testemunha ocular da história por 34 anos de serviços prestados à Prefeitura de Antonina, omitiremos apenas os nomes dos atores e atrizes para evitar constrangimentos, mas aqueles que lerem poderão facilmente  identificá-los ou se identificar. Aguardem, será pura nitro...

FELIZ 2012 A TODOS - Vamos lá comentem, argumentem, só não ofendam. kkkkkkkkkkkkkk