Pesquisar neste blog

ANTES DE SAIR DESTE BLOG CLIC NUMA DE NOSSAS PUBLICIDADES

ACONTECENDO VOCÊ FICA SABENDO, AQUI:

quarta-feira, 30 de junho de 2010

DEMOROU MAS SAIU! GUARAQUEÇA GANHA O SEU HOSPITAL, 6 ANOS DEPOIS DO INÍCIO.


O governador Orlando Pessuti e o secretário estadual da Saúde, Carlos Moreira Junior, assinaram, na manhã desta quarta-feira (30), convênio entre a Secretaria Estadual da Saúde e a Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) para implantar atividades acadêmicas e científicas na área da saúde no litoral do Paraná. Serão destinados recursos no valor de R$16,9 milhões para a execução do convênio.

Após a assinatura, em Paranaguá, às 11h, no Hospital Regional do Litoral, o governador e o secretário entregam as obras do Hospital Lucy Requião de Mello e Silva, em Guaraqueçaba (Litoral do Paraná), no valor de R$ 4,6 milhões.

Construído em uma área de 2 mil metros quadrados, a unidade, que atenderá exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), contará com 20 leitos, pronto-atendimento 24 horas, ambulatório de especialidade como obstetrícia e pediatria, centro cirúrgico, área de radiologia, clínicas médicas e consultórios, além de um heliponto que permitirá a chegada ou saída de pacientes em situação de urgência médica.
............................................................................
N.B: Comentários de Rosil: O proximo será a construção do nosso novo Hospital e já está tudo em andamento, por causa dos entraves da Lei Eleitoral, tudo deverá estar assinado até hoje. Estamos torcendo que tudo dê certo. Senão BABAU...

terça-feira, 29 de junho de 2010

A NOVA RADIO ANTONINENSE FM, CONQUISTA A POPULAÇÃO !

A magia de se fazer rádio comunitária fascina, a maneira, o linguajar e o formato, são os pontos mais explorados em uma emissora de rádio comunitária, que além de tocar música também informa, diverte e faz companhia. O cotidiano da comunidade é o grande foco, os acontecimentos viram notícia, que anunciados pela rádio faz com que a opinião pública tome conhecimento e venha debater o fato. A palavra chave nessas emissora se chama democracia.


Eis a nova Radio Antoninense FM que em menos de  60 dias já conquistou o seu espaço na Comunidade Capelista assim como no mundo da Net, pois já recebe participações atraves do MSN de Curitiba, Paranaguá, Guaraqueçaba, Matinhos, Morretes, Guaratura, assim como de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e até do exterior, como USA, Japão, Canadá, Espanha e Holanda.(de Antoninenses espalhados pelo Mundo) Tudo por causa da simplicidade de seus comunicadores que falam a lingua do Povo sem separatismos inócuos, onde a liderança da audiência está por conta dos veteranos/locutores: Denilson Pinheiro, Maurício Marchesine, Rosil do Pilar,  Francisco Alves da Rosa, Salles Jr, na Direção Geral de Jeferson Admaro Santos. Nos próximos dias toda a Comunidade sera convidada para participar da inauguração da Sede e Studios da Rádio. Aguarde, será uma grande, histórica  e inesquecível Festa... 

segunda-feira, 28 de junho de 2010

9º ENCONTRO DE VEÍCULOS ANTIGOS. QUANDO TUDO COMEÇOU...


Mas antes vale a pena relembrar quando tudo começou, porque Eu estava lá...
Um dos primeiros eventos importantes organizados pelo MG & MP foi o "1º Encontro Paranaense de Veículos Antigos de Antonina", realizado entre os dias 28 e 30 de junho de 2002, com o apoio da Prefeitura Municipal  e do Veteran Car Club do Brasil - divisão do Paraná. Ao todo, 196 veículos prestigiaram a iniciativa do clube, dos quais sete eram MP Lafer.

E também dividiu a atenção com a Copa do Mundo, onde o Brasil venceu a soberba Alemanha, e foi um verdadeiro sucesso em sua primeira versão.

Neste ano, já em sua nona edição as expectativas foram superadas pelos organizadores do evento, com Shows e tudo mais envolvendo toda a comunidade, mesmo  dividindo as atenções com os jogos da Copa. Novamente...




Na realidade,conforme foi divulgado pelos veículos de comunicação e no Cartaz aqui ao lado, o início da exposição estava previsto para o dia 25, sexta, mas tudo começou mesmo no sábado dia 26, alguma coisa saiu dos eixos. Mas deixemos prá lá, o importante é que mais de 300 veículos foram exposicionados ao longo da Rua Dr. Carlos Gomes da Costa, e um mais lindo do que o outro, verdadeiras reliquias e ainda funcionando, como as fotos mostram, foi um sucesso.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

O ADEUS À BRASIL TELECOM/OI


Embratel lança a primeira linha fixa livre de assinatura.

A Embratel está lançando o primeiro produto em parceria com a Vésper, após a aquisição da empresa há cerca de um mês. Trata-se do Livre, uma linha fixa residencial sem assinatura básica, que custa ao consumidor somente valor das ligações. O objetivo é livrar os clientes residenciais do custo da assinatura mensal, além de ser uma alternativa competitiva às concessionárias de telefonia local. O Livre estará disponível a partir dos 17 estados cobertos pela Vésper (SP, RJ, ES, MG, RS e todo o Nordeste e Norte). Os próximos serão os estados do sul.

O novo produto da Embratel inclui serviços especiais como secretária eletrônica, identificador de chamadas, chamada em espera e instalação rápida, sem custos extras. Caso o usuário opte pelo pagamento em débito automático, ganha também 'conferência a três' e 'siga-me'.

Inicialmente, serão comercializados aparelhos das marcas LG (modelos SP110, LEI 1000 e LP 1000) e Nokia, que já podem ser encontrados em red es de varejo (Extra, Eletro, Casas Bahia, Casa & Vídeo, Ponto Frio, Magazine Luiza, Lojas Maia e Yamada, por exemplo).

Com o Livre, a Embratel entra definitivamente na telefonia fixa residencial, através de uma alternativa simples e barata, uma vez que a economia com o novo produto pode chegar a 60% em relação aos planos tradicionais de telefonia fixa , nos quais o cliente é obrigado a pagar a assinatura mensal... A tecnologia utilizada é a CDMA (Code Division Multiple Access), que permite o uso de aparelhos sem fio com recursos de última geração e com alcance restrito à área da residência onde estão instalados.

E agora Oi?

Custo da ligação:

Fixo: R$ 0,07 p/ minuto

Celular: R$ 0,67 p/ minuto

Os interessados terão à sua disposição um call center com atendimento para o Livre pelo telefone 0800-721-2165 ou 4004-4021 (ligação gratuita), ou o site.

SE ACHAR OPORTUNO, FAVOR PASSAR PARA O MÁXIMO DE PESSOAS POSSÍVEL E PEÇA PARA LEVAR A CORRENTE ADIANTE, POIS NÃO AGÜENTAMOS MAIS A SOBERBA DA TELEFÔNICA.

CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA de R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)!

Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado.

Ligue 0800-619619 (Câmara dos Deputados). Digite 1 (um) para falar com a atendente. Diga que é para votar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo. O Projeto de Lei é o de n.º 5476, do ano de 2001.

Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então nós é que temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!

Entrando em vigor esta lei, você só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal. Este projeto está tramitando na 'COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR', na Câmara.

Quantos mais ligarem, maior a chance...

O BRASIL AGRADECE!

Não adianta a gente ficar só reclamando. Quando podemos, devemos tomar alguma atitude!




Fonte:   Olho D´Água Filtro e Purificador Central

quarta-feira, 23 de junho de 2010

AS ELEIÇÕES VEM AÍ, DEPOIS DA COPA! ENTÃO PENSE NISSO...


Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em quatro tipos:

1. os inteligentes com iniciativa;
2. os inteligentes sem iniciativa;
3. os ignorantes sem iniciativa e
4. os ignorantes com iniciativa.
. Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão dava as funções de comandantes gerais ... estrategistas.
. Os inteligentes sem iniciativa, Napoleão deixava-os como oficiais para receberem ordens superiores ... para cumpri-las com diligência.
. Os ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocava na frente da batalha - buchas de canhão, como dizemos.
. Os ignorantes com iniciativa, Napoleão os odiava e não os queria em seus exércitos.

. Um ignorante com iniciativa é capaz de fazer besteiras enormes e depois dissimuladamente, tentar ocultá-las.
. Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, até envolve-se com quem não deve e depois diz que não sabia.
. Um ignorante com iniciativa faz perder boas ideias, bons projetos, bons clientes, bons fornecedores, bons homens públicos.
. Um ignorante com iniciativa produz sem qualidade, porque resolve alterar processos definidos e consagrados.
. Um ignorante com iniciativa é, portanto, um grande risco para o desenvolvimento e o progresso de qualquer empresa e governo.
Não precisamos deles, nem Napoleão os queria.

Você identifica em sua vida, em sua empresa e no governo os quatro tipos de soldados de Napoleão?
E o que faz com cada tipo?
Você sabe livrar-se dos ignorantes com iniciativa?

FALTAM CINCO MESES PARA AS ELEIÇÕES !   

terça-feira, 22 de junho de 2010

PRÉ-SAL EM ANTONINA. ALELUIA !

Encomendas da indústria petroleira podem reativar dois estaleiros em Pontal e criar um novo em Antonina. Multinacional norueguesa já anunciou unidade de R$ 100 milhões na região

A existência de petróleo na camada pré-sal do mar territorial do Paraná ainda não passa de hipótese, mas pelo menos um município do Litoral está próximo de sair ganhando com o esperado “boom” da indústria petroleira. Em Pontal do Paraná, dois antigos estaleiros podem ser reativados para a montagem de plataformas de exploração de petróleo, gerando cerca de 4 mil empregos diretos, pelas contas da prefeitura. Ainda em Pontal, uma multinacional norueguesa já anunciou investimento de R$ 100 milhões para a construção de uma unidade de soldagem de tubos de aço que, quando pronta, vai empregar cerca de 600 trabalhadores e garantir ao município impostos de R$ 6,5 milhões por ano, o que significará um incremento de quase 20% na arrecadação tributária. E, segundo a Secretaria Es tadual de Indústria e Comércio, uma “empresa europeia” estaria estudando construir um estaleiro em Antonina, também na Baía de Paranaguá.

A razão para o interesse no Litoral paranaense está na proximidade com os grandes blocos da Bacia de Santos, que vem se mostrando a mais promissora nas prospecções do pré-sal. Um dos projetos mais adiantados é o do “Parque de Construção Submarina” que a norueguesa Subsea 7 promete erguer em Pontal do Paraná assim que receber a autorização do Ins tituto Ambiental do Paraná (IAP). A empresa deu entrada no processo de licenciamento em novembro, e no próximo dia 30 realiza a audiência pública para discutir o Estudo e Re la tório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) do projeto.


Especializada em engenharia submarina, a Subsea 7 está no Brasil há 15 anos e já fornece boa parte de sua produção à Petrobras. A unidade de Pontal vai funcionar como “base de soldagem”: vai “colar” tubos rígidos de aço uns aos outros, formando tubulações flexíveis de mais de mil metros de extensão que, “enroladas”, serão transportadas até os campos petrolíferos. Segundo a empresa, suas atividades vão gerar cerca de R$ 3,8 milhões por ano em Imposto Sobre Serviços (ISS), um tributo municipal, e R$ 10,8 milhões anuais em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), dos quais 25% ficarão com o município e 75%, com o estado.

Estaleiros

Outro projeto bem encaminhado é o da italiana Techint, que pretende reativar o estaleiro que tem na localidade de Ponta do Poço, também em Pontal. No início de abril, a empresa pediu ao IAP a renovação, pelos próximos três anos, da licença de instalação do empreendimento – um investimento que “passa de bilhão de reais”, segundo afirmou o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, em entrevista ao jornal Valor Econômico. Aberto nos anos 80, o estaleiro ficou parado por cerca de 20 anos e voltou a ser usado entre 2004 e 2006, durante a construção de uma “jaqueta” – estrutura de sustentação de plataformas submarinas – de 6,3 mil toneladas. O projeto consumiu R$ 276 milhões e, no auge, chegou a empregar 1,2 mil pessoas.

“Desta vez será diferente”, diz o prefeito de Pontal, Rudisney Gimenes. “O canteiro da Techint será permanente. Isso vai permitir ao município investir mais em qualificação e capacitação de seus habitantes. Já estamos buscando recursos no Ministério do Trabalho, para capacitar cerca de mil pessoas.” Segundo Gimenes, com a vinda de empresas interessadas no fornecimento de equipamentos para o pré-sal, o município de 18 mil habitantes poderá reviver o auge de seus estaleiros, na década de 80. “Naquela época, tinha mais de 5 mil homens trabalhando aqui. Isso muda toda a economia, a cidade deixa de depender apenas de turismo.”

O prefeito garante que outro antigo estaleiro da cidade, o da Odebrecht, também está prestes a voltar à ativa. Embora a empresa afirme que “a informação não procede”, Gimenes diz que até já assinou carta de intenções com ela. “A prefeitura cedeu a área para a Odebrecht construir o alojamento de trabalhadores, que daqui a alguns anos será doado à prefeitura”, diz. O secretário de estado da Indústria e Comércio, Virgílio Moreira Filho, também já declarou ter conversado com a empresa sobre o assunto. E, se gundo o secretário, uma “empresa europeia” estuda a possibilidade de construir um estaleiro em Antonina. “Mas não podemos citar nomes porque não há nada fechado”, explica.


Fonte:Gazeta do Povo - 20/06/2010

segunda-feira, 21 de junho de 2010

VEJA O QUE IPEM FALA SOBRE OS HIDRÔMETROS (Continuação...)

Troca de relógio duplicou a conta, dizem consumidores !

Publicado em 06/10/2008 | Estelita Hass Carazzai

É difícil fazer a comerciária Irene Loginski parar de falar quando o assunto é a conta de água do último mês, tamanha a sua indignação. Moradora da Cidade Industrial de Curitiba, Irene costumava gastar cerca de 7 metros cúbicos de água por mês, o que lhe custava R$ 30. Em agosto, foi surpreendida com uma conta de R$ 52, e um aumento de 114% no consumo. Para ela, a explicação é uma só: a troca do hidrômetro – popularmente chamado de “relógio” – pela Sanepar, em agosto. “Não mudamos em nada o consumo, não tem vazamento; como é que veio esse valor?”, questiona.
Assim como Irene, outras 24 mil pessoas em Curitiba e região tiveram seus hidrômetros trocados neste ano, e qualquer diferença no consumo, alerta o Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR), dificilmente pode ser condenada: os antigos equipamentos é que, na maioria dos casos, marcavam menos do que a água de fato consumida.
Teste caseiro
Os técnicos do Ipem-PR dão algumas dicas aos consumidores que quiserem verificar se o hidrômetro está funcionando corretamente, ou se há vazamento na residência.
- Tenha certeza de que a caixa d´água está cheia e fique algumas horas sem consumir água. Observe a posição dos ponteiros no hidrômetro. Caso eles estejam se movendo, pode ser que haja um vazamento ou que o equipamento esteja com problema.
- Feche o registro e verifique se o relógio continua rodando. Se sim, pode haver algum problema no equipamento ou um vazamento na residência.
Efeito seria “psicológico”
Para o diretor técnico do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR), Shiniti Honda, muitas das reclamações que os consumidores fazem sobre a troca dos hidrômetros são provocadas por “efeito psicológico”. O equipamento que está sendo instalado hoje pela Sanepar permite a visualização do mecanismo que mede a passagem de água, e, segundo Honda, isso dá a impressão de que o relógio está girando muito rápido. “O hidrômetro antigo é aquele de ponteirinho; você praticamente não via ele se mexer”, comenta ele.
Honda também lembra que, muitas vezes, mesmo que o morador não esteja consumindo água naquele momento, o relógio pode continuar girando por alguma ação anterior que baixou o nível da caixa d’água. “Se você dá a descarga, por exemplo, a caixa d’água vai precisar encher por conta desse uso, e aí o ponteirinho vai girar mesmo que você não abra uma torneira nesse período”, explica o diretor técnico. (EHC)
“Essa é uma ocorrência bem normal”, explica o chefe da divisão de volumes do Ipem-PR, Gilberto Chycziy. Dezenas de reclamações sobre hidrômetros já foram registradas no órgão – mas a maioria dos equipamentos, segundo ele, não apresentava problemas de medição. “Quando estão há muito tempo em uso, os hidrômetros acabam beneficiando o consumidor. Eles têm um eixo central na turbina que se desgasta; o atrito aumenta e o equipamento trabalha com mais dificuldade. Quando ele é trocado, aí sim aponta exatamente o volume que está passando e o contribuinte se assusta, porque passa a pagar o que realmente deve.”
O susto tomado por Irene também acometeu o aposentado Nelson Suardi, morador do Sítio Cercado. Ele gastava cerca de 10 metros cúbicos de água por mês. Após a troca do relógio, em junho, o consumo indicado na conta mais que duplicou, e o valor pago por mês passou de R$ 30 para R$ 80. “Eu não sou de gastar muita água. Eu ainda fecho o registro à noite para não dar vazamento e agora vem esse absurdo”, reclama ele.
Vistorias
Tanto Irene quanto Suardi recorreram à Sanepar para que seus hidrômetros fossem verificados, mas nenhuma das vistorias encontrou algum tipo de problema nos equipamentos e tampouco vazamentos na tubulação das residências. Ainda assim contrariados, os consumidores foram ao Procon-PR para registrar sua reclamação, e devem ter uma audiência com a empresa ainda neste mês.
Irene diz que, há menos de um ano, uma equipe da Sanepar realizou uma aferição em seu hidrômetro e não encontrou nada de errado no funcionamento. “Eu fiz até um teste de noite com o registro fechado e o ponteiro continuava rodando! O presidente da Sanepar diz na televisão que não vai haver aumento na tarifa, mas aí eles trocam o relógio por um mais ligeiro. Achei a maior demagogia”, reclama Irene.
Ação preventiva
Segundo a Sanepar, a troca dos hidrômetros faz parte de uma ação preventiva da companhia, que substitui todos os equipamentos com mais de oito anos de uso, como era o caso dos de Irene e Suardi. A empresa também esclarece que qualquer consumidor que tiver dúvidas ou quiser uma análise do equipamento pode entrar em contato com os serviços de atendimento ao cliente da Sanepar (veja os telefones abaixo). A assessoria de imprensa da companhia, no entanto, alerta que, caso seja acusado que o hidrômetro não tem defeitos, o serviço de vistoria será cobrado na próxima fatura.
Ipem
Outra alternativa para os consumidores que acreditam que o equipamento possa estar com defeito e que já fizeram as verificações da Sanepar é recorrer à vistoria do Ipem-PR, que, até o momento, é gratuita e pode ser acompanhada pelo próprio cliente. O teste leva de cinco a sete dias para ser concluído. Para o diretor técnico do Ipem-PR, Shiniti Honda, no entanto, só vale a pena recorrer ao órgão quando houver absoluta certeza de que há algo errado no equipamento: “Em 99,9% dos casos que analisamos, o problema está nos vazamentos”.
Serviço
O contato com a Sanepar pode ser feito pelo telefone 115 ou pelo site www.sanepar.com.br. Já os telefones do Ipem-PR são 0800 645 0102 ou (41) 3251-2200. A vistoria deve ser solicitada na ouvidoria da instituição.

Colaboração: Anselmo Fernandes
..........................................................................................................................................................................................................................
N.B: Comentários de Rosil: Nos casos de Antonina, o assunto me parece um pouco direferente, os usuários estão recebendo suas faturas até 10 vezes maior do que antes dos novos hidrômetros, ou seja dos 10 m3/Mês, de consumo residencial,  parassaram para 100m3 ? Qual a explicação para quando não há vazementos ou outros problemas residenciais ?  Diante as informações acima, constatamos que  não é só o SAMAE de Antonina que está passando por este desgaste com os seus usuários, é Sanepar, Águas de Paranaguá, Sabesp e outros. Em todos os cantos, nós os consumidores, só queremos uma coisa: Pagar por um consumo justo e de qualidade sanitária de acordo com os padrões da OMS. E tem mais Antonina tem uma das melhores fontes de captações de água do Paraná. É AGUA MINERAL PURA...   

A ANTONINENSE YARA SARMENTO RECEBE HOMENAGENS EM CURITIBA


No dia 14 de junho último, Yara Sarmento, uma das figuras mais destacadas da classe artística do Paraná, foi homenageada pela Diretoria e funcionários do Centro Cultural Teatro Guaíra. Uma placa foi descerrada no Auditório Salvador de Ferrante destacando o pioneirismo da atriz no na televisão, no teatro e na militância pela área artístico-cultural no Paraná. Muito estimada entre os colegas, Yara assistiu em seguida a uma apresentação de bailarinos no Balé Teatro Guaira e do G2 Cia de Dança, no Guairão.

Yara Sarmento, nascida em 7 de junho de 1940, é natural de Antonina, onde viveu até 1950, quando veio residir definitivamente em Curitiba.

A televisão engatinhava no Paraná, no início da década de 60, e Yara era uma das principais figuras dos programas locais. Mulher de beleza ímpar, se apresentava como bailarina, atriz e garota propaganda. Dentre os muitos programas dos quais participou estão “Postais de Opereta”, na TV Paranaense, dirigido por Cícero Camargo de Oliveira. Estreou como atriz na TV Paraná no programa “Colégio de Brotos”, dirigido por Sinval Martins. Trabalhou no programa semanal “Teatro de Equipe”, dirigido por Glauco Flores de Sá Britto. Ao lado de outros grandes nomes do teatro local, à época, como Lala Schneider, Claudete Barone, Irene Moraes, Aristeu Berger, Joel de Oliveira e Luiz Hilário.

Em 1964, foi para o Rio de Janeiro e participou como atriz de teleteatros da TV Tupi. No início das atividades da TV Globo participou dos programas “Festa em Casa”; “4 no Teatro”; “Presença”; “Capitão Furacão”; “Quando a Vida É Uma Canção” e integrou o elenco das novelas: “Rosinha do Sobrado”; “A Moreninha” e “Padre Tião” sob a direção de Graça Melo, e de “Um Rosto de Mulher”, direção de Sérgio Britto. Ainda na TV Globo apresentou o noticiário “Tele-Jornal da 1:00 Hora”.

No teatro, Yara integrou os elencos de “Flor de Cactus”, no Teatro Copacabana “Onde Canta O Sabiá”, no Teatro do Rio, sob a direção de Luiz Afonso Grisolli. Este foi o primeiro espetáculo “pop” do Brasil, estrelado por Marília Pêra e Gracindo Júnior.

A convite de Carlos Machado fez parte do elenco da revista musical “Carlos Machado’s Holliday”, na Boate Fred’s, ao lado de Irene Ravache, Cláudia Martins, Sueli Franco, Rossana Ghessa, Ari Fontoura e Hugo Sandes.

Fez dublagens para filmes de televisão e de cinema nos estúdios Herbert Richers e Peri Filmes.

Em São Paulo, a partir de 1967, fez parte do elenco do teleteatro “Processo 68. No teatro, atuou nas peças “Receita de Vinícius”, direção de Sady Cabral, no Teatro das Nações, e “A Raposa e as Uvas”, direção de Nydia Lícia, no Teatro Bela Vista e em temporada popular, nos espaços cênicos dos bairros paulistas.

Voltando a Curitiba, participou como atriz em “Via Crucis”, direção de Oraci Gemba.

Yara Sarmento foi diretora do Grupo Momento de Teatro, criado juntamente com Gemba e Angela Wogel. O grupo montou peças de muito sucesso no teatro local: “Electra”; “Marat-Sade”; “Maria Bueno”; “A Casa de Bernarda Alba”; “O Cerco da Lapa”; “Carla, Gigi e Margot”; “Momento de Natal”; “Auto de Natal” e o show “Funeral para Um Rei Negro” (1975), com Lápis e Evanira. Todos os espetáculos dirigidos por Gemba.

Integrou, também, o elenco da produção do Teatro de Comédia do Paraná - TCP, da então Fundação Teatro Guaíra - FTG, “A Torre em Concurso”, sob a direção de Gemba - 1976.

Advogada, formada pela Universidade Federal do Paraná, Yara foi uma das pessoas que mais atuou pela organização da classe artística e pela regulamentação das profissões a ela ligadas. Participou da equipe paranaense que elaborou o ante-projeto da Lei 6.533/1978, a qual regulamenta a Profissão de Artista e Técnico em Espetáculos de Diversões.

É uma das fundadoras do SATED – Sindicatro de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado do Paraná.

Uma das idealizadoras e fundadoras do Troféu Gralha Azul, a própria Yara foi agraciada com o prêmio de melhor atriz em 1977, com a peça “Carla, Gigi e Margot. No ano seguinte, recebeu o mesmo Troféu de Melhor Atriz Coadjuvante por seu trabalho na peça dirigida por Roberto Menghini "Cinderela do Petróleo.

Os jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná concederam-lhe em 1978, o Diploma de Melhor do Ano/1977 como Melhor Atriz de Teleteatro.

Na edição 1985/1986, Yara Sarmento recebeu Menção Honrosa pela criação do Troféu Gralha Azul. Na edição 1988/1989, voltou a ser homenageada com o Troféu pela Fundação Teatro Guaíra - hoje, Centro Cultural Teatro Guaíra - CCTG - e pela classe artística paranaense, pelo trabalho que desenvolveu em Brasília junto à Assembléia Nacional Constituinte, em favor das Artes e da Cultura Brasileiras. Nesse trabalho, representou as entidades nacionais de artistas, técnicos e produtores em espetáculos de diversões.

Em 1991, a Câmara Municipal de Curitiba concedeu-lhe Diploma de Reconhecimento por sua atuação em favor da área cultural.

Foi Diretora Artística da então Fundação Teatro Guaíra na gestão de Oraci Gemba, no período de novembro de 1983 a maio de 1985.

Deixando o cargo de Diretora, Yara continuou atuando na Assessoria da Diretoria Artística do CCTG, lugar que só deixou a semana passada, com sua aposentadoria.

Pessoa extremamente afável, a par da profissional de vastíssimo currículo e realizações, Yara é unanimidade entre seus colegas como amiga e apoiadora.

Por isso, as homenagens todas que recebe no momento.

Fonte: Site do Teatro Guaíra, em 16.06.2010
....................................................................................................................................................................................................................
N.B.: Comentários de Rosil:  Os nossos parabéns a capelista YARA SARMENTO por importante homenagem e por merecimento. Yara Sarmento, já foi agraciada com um título benemérito pela nossa Camara de Vereadores ? Se ainda não, eis uma boa sugestão!

domingo, 20 de junho de 2010

VEJA O QUE O IPEM FALA SOBRE HIDRÔMETROS


Hidrômetro novo, dúvida nova

ELENI TRINDADE – JORNAL DA TARDE
Hidrômetro novo, mais gastos e mais problemas. É assim que o consumidor pensa quando o assunto é a troca do equipamento que mede o consumo de água de imóveis, que é o segundo item mais reclamado na Ouvidoria do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) no período de janeiro a julho deste ano. Foram 158 reclamações sobre o medidor.
No total, a Ouvidoria atendeu a 6.211 solicitações entre denúncias, reclamações e pedidos de informações sobre produtos, serviços e instrumentos de medição.
“Depois que as concessionárias trocam os medidores antigos, já desgastados e viciados, por novos, o consumidor toma um susto quando chega a conta no mês seguinte, pois a aferição do consumo é muito mais precisa”, explica Luiz Henrique de Almeida Silva, ouvidor do Ipem-SP. “Assim, é natural pensarem que o equipamento está com algum tipo de defeito.”
Houve 36 reprovações nas análises dos hidrômetros. Segundo Silva, elas ocorreram porque estavam medindo o consumo “a favor do consumidor”, ou seja, menos do que o consumo real.
Quando isso acontece, a concessionária faz a troca do equipamento sem custo para o consumidor e sem cobrança retroativa. “Nenhum dos hidrômetros analisados estava medindo água de forma a prejudicar o consumidor”, afirma o ouvidor do Ipem.
De acordo com a Sabesp, o setor de atendimento ao consumidor da empresa praticamente não recebe queixas sobre hidrômetros. A concessionária informa, ainda, que todos os hidrômetros novos passam por rigorosos ensaios fiscalizados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) quando saem das fábricas. Portando, segundo a empresa, é normal que, com o decorrer do tempo e com o uso, as partes internas do equipamento se desgastem e passem a marcar menos. É quando a troca é necessária.
Há dois tipos de substituição: corretivas, quando é constatado o mau funcionamento, quebra, vandalismo ou fraude no equipamento; e preventivas, que levam em conta o tempo de instalação do medidor e o volume de água registrado.

Colaboração: ANSELMO FERNANDES

...................................................................................
NB.: Comentários de Rosil: E o SAMAE de Antonina, o que fala sobre isso?
Por causas de falta de explicações lógicas da autarquia diante a tantas reclamações das faturas exageradas do SAMAE, um cidadão popularmente conhecido como "Galo Cego" lá do Bairro da Penha, fez um abaixo assinado com centenas de assinaturas e deu entrada no Ministério Público de Antonina contra a Autarquia,será que o IPEM poderá ajudar, com as explicações acima? Eu ainda sou a favor da criação do Conselho de usuários do SAMAE conforne já está previsto na Lei de sua criação há 50 anos.

sábado, 19 de junho de 2010

APROVEITE ENQUANTO ESTÁ VIVO...

Serra do Mar - Agência de Viagens e Turismo Ltda.

Fones: (41) 3077-4280 - Curitiba - PR

(41) 3432-4280 - Antonina - PR

E-mail: turismo@serradomarturismo.com.br

Home Page: www.serradomarturismo.com.br

Skype: serra.do.mar.turismo

Há 12 anos reservando o melhor para você.

..........................................................................................................................................................................................................................
N.B: Comentários de Rosil: EU RECOMENDO FUI, GOSTEI, RETORNEI! FAÇA O MESMO É SÓ FALAR COM O MEU AMIGO SIDNEY NOGUEIRA 

segunda-feira, 14 de junho de 2010

ALERTA AMBIENTAL

Na semana passada foram encontrados pelos pescadores centenas de mussuns, "bicho da lama" como é mais conhecido, na baia de Antonina.
Preocupados, rapidamente informaram à Colonia de Pescadores Z-8 de Antonina, onde esta imediamente comunicou a Policia Ambiental, IAP e demais órgãos competentes. Até biólogos da UFPR foram mobilizados para estudarem o problema que pode ser um  alerta de mais um acidente ambiental no litoral. Nos próximos dias poderemos ter mais informações sobre o preocupante assunto. Aguardem.

domingo, 13 de junho de 2010

O BICHO ESTÁ PEGANDO NA PREFEITURA


CALMA É EM PARANAGUÁ...

Na última terça-feira (dia 1º), reunidos em Assembleia Geral Extraordinária, os servidores municipais rejeitaram a proposta de reposição salarial de 5,49% proposta pelo prefeito de Paranaguá José Baka Filho (PDT). Eles decidiram manter o estado de greve até o dia 16 quando a categoria decidirá ou não pela paralisação, caso a prefeitura não faça a atualização total das tabelas salariais.

Realizada nas dependências do Sindicato dos Trabalhadores da Movimentação de Mercadorias em Geral de Paranaguá, o antigo Sindicato dos Ensacadores, a Assembleia aprovou ainda a proposta do Sindicato dos Servidores Municipais de Paranaguá (Sismup) que pede a atualização total de todas as tabelas salariais defasadas desde 2005.

Na mesa diretora, além do presidente da categoria, Rogério José Lisboa estavam ainda os diretores do sindicato e o assessor jurídico Carlos Steuk, que falou sobre esta negociação da data-base, definida pelo prefeito José Baka Filho, onde a cláusula terceira do Termo de Acordo que definiria a reestruturação da tabela salarial, assinado no ano passado entre a prefeitura e o Sismup não foi cumprida desde 2009.

O presidente lamentou a pouca participação na Assembleia e pediu que os servidores presentes que convocassem os colegas de trabalho para a próxima reunião que acontecerá um dia após a estréia do Brasil na Copa do Mundo.

A diretora da Secretaria de Recursos Humanos da prefeitura acompanhou os trabalhos da Assembleia até a decisão da categoria de rejeição da proposta de reposição salarial do prefeito José Baka Filho e a decisão pela manutenção do estado de greve.

Fonte: Doa a quem doer - De Gilberto Fernandes

....................................................................................................................................................................
N.B: Comentários de Rosil: enquanto isso nós os servidores da PMA recebemos 4,36% de reajuste e ficamos caladinhos, quietinhos. Viu como somos bonzinhos e compreensivos, até quando não sei. rsrsrsrsrs.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

A CARA DA VIOLÊNCIA - BASTA

HOJE EU RECEBI FLORES...

(1)Não é o meu aniversário ou nenhum
outro dia especial; tivemos a nossa primeira
discussão ontem à noite e ele me disse muitas
coisas cruéis que me ofenderam de verdade.
Mas sei que está arrependido e não as disse
a sério, porque ele me enviou flores hoje.
E não é o nosso aniversário ou
nenhum outro dia especial.

(2)Ontem ele atirou-me contra a parede e
começou a asfixiar-me. Parecia um pesadelo,
mas dos pesadelos acordamos e sabemos
que não são reais. Hoje acordei cheia de dores e
com golpes em todos lados.
Mas eu sei que ele está arrependido, porque me
enviou flores hoje. E não é Dia dos Namorados
ou nenhum outro dia especial.

(3)Ontem à noite bateu-me e ameaçou matar-me.
Nem a maquiagem ou as mangas compridas
poderiam ocultar os cortes e golpes que me
ocasionou desta vez. Não pude ir ao emprego
hoje porque não queria que percebessem.
Mas eu sei que está arrependido porque ele
me enviou flores hoje. E não era Dia das Mães
ou nenhum outro dia especial
(4)
Ontem à noite bateu-me e ameaçou matar-me.
Nem a maquiagem ou as mangas compridas
poderiam ocultar os cortes e golpes que me
ocasionou desta vez. Não pude ir ao emprego
hoje porque não queria que percebessem.
Mas eu sei que está arrependido porque ele
me enviou flores hoje. E não era Dia das Mães
ou nenhum outro dia especial.
(5)Hoje é um dia muito especial:
É o dia do meu funeral.
Ontem finalmente conseguiu matar-me.
Bateu-me até eu morrer.
(6)Se ao menos eu tivesse tido a coragem e a
força para o deixar... Se tivesse pedido ajuda
profissional... Hoje não teria recebido flores!










Por uma vida sem violência!!!
Partilhem essa mensagem para criar consciência ..

PARA QUE SE TENHA RESPEITO PARA COM A
MULHER, COM AS CRIANÇAS, COM O IDOSO, ENFIM
QUERIDOS AMIGOS... QUE SE TENHA RESPEITO COM
O PRÓXIMO, SEJA QUEM FOR!!!
DENUNCIEM A VIOLÊNCIA... !!! LEMBREM-SE A CADA 15 MINUTOS UMA MULHER É VIOLENTADA, SURRADA, ESTUPRADA.

VIAGE COM O SEU AMOR - APROVEITE ESTE MOMENTO

Serra do Mar - Agência de Viagens e Turismo Ltda.


Fones: (41) 3077-4280 - Curitiba - PR

(41) 3432-4280 - Antonina - PR

E-mail: turismo@serradomarturismo.com.br

Home Page: www.serradomarturismo.com.br

Skype: serra.do.mar.turismo

Há 12 anos reservando o melhor para você.

terça-feira, 8 de junho de 2010

MANIFESTO AO POVO PARANAENSE



Para as organizações que integram a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS), a luta pela apuração dos escândalos de corrupção na Assembléia Legislativa, com a consequente punição dos envolvidos, é mais um grande desafio para o povo paranaense. E nosso povo já provou, na defesa da Copel – somente para lembrarmos das pelejas mais recentes –, que é capaz de tomar ruas e praças para fazer valer seus direitos.

Entretanto, o enfrentamento à corrupção é somente uma parte da luta maior pela transformação radical da sociedade.

Não podemos tratar a corrupção na Assembléia ou em outros espaços do Legislativo

– ou do Judiciário e do Executivo, em todas as esferas, – de forma isolada, como se isso não se relacionasse com as demais mazelas do sistema capitalista (miséria, crime organizado, desemprego, degradação ambiental...). É preciso tratála como parte desse sistema, pois aqueles que acumulam riqueza às custas do trabalho do povo são os mesmos que financiam as campanhas de muitos dos parlamentares hoje envolvidos com os escândalos dos diários secretos.

Assim, dirigimo-nos ao povo paranaense, chamando-o a juntar-se à luta pela apuração dos escândalos e pelas principais reivindicações do conjunto dos movimentos sociais, tais como:

• Plebiscitos e referendos para que a sociedade decida sobre as grandes questões nacionais (Art. 14 da Constituição Federal);

• Jornada de 40 horas sem redução de salário;

• Reformas agrária e urbana;

• Apuração dos crimes da ditadura empresarial-militar;

• Fim da concentração dos meios de comunicação;

• Fim do superávit primário e redução drástica das taxas de juro;

• Riquezas do pré-sal sob controle do povo e Petrobrás 100% estatal;

• Reestatização da Vale, Usiminas, CSN e Embraer.



COORDENAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS - PARANÁ

                               Fonte: Marcio Henrique da Silva marciohenriquept@ig.com.br
                                           augusto franco augustofranc@yahoo.com.br

A FORÇA DA COMUNICAÇÃO

Caro Rosil do Pilar.

Fico muito feliz em vê-lo novamente nos meios radiofônicos de nossa querida Antonina.

Tive a grata satisfação em trabalhar com voce na antiga Rádio Antoninense - AM, hoje Serra do Mar - AM.

Antonina vive seu momento de glória na radiodifusão, pois ganhou de uma só vez mais dois prefixos radiofônicos, que são a Rádio Antoninense - FM e a Rádio Cidade - FM, fazendo com que o cidadão antoninense escolha a programação que mais lhe agrade em qualquer uma delas.

Só está faltando o estúdio da Massa - FM 103,5 voltar para Antonina, seu verdadeiro lugar, o qual fará com que nossa cidade se consolide cada vez mais na comunicação falada em todo o Litoral Paranaense.

Com essas emissoras inseridas na internet, faz com que sejam ouvidas em qualquer lugar do mundo e quem ganha com isso é Antonina que demonstra sua grandiosidade nesse segmento.

Hoje quando sintonizamos qualquer uma dessas emissoras ouvimos além dos comunicadores novatos, grandes amigos a exemplo de João Alberto, Julio Cesar, Maurício Marchesine, Bira Rocha, Edson Corrêa, Salles Junior, Francisco da Rosa, Corrêa Junior, Mário Fári, José Carlos Maurício, Antonio Carlos, Paulo Roberto, Mura e tantos outros que fazem a história da radiodifusão em Antonina.

Essas emissoras oferecem programações variadas para todos os gostos, então vamos prestigiar o que é nosso.

Sintonize as emissoras radiofônicas de Antonina

Serra do Mar - AM 1520 - Praça Cel. Macedo - Centro
Antoninense - FM 98,3 - Rua Comendador Araújo - Centro
Massa FM - 103,5 - Rua Reinaldo Sales - Itapema
Cidade - FM 98,3 - Av. Thiago Peixoto - Km4

Abraços

Sidney Nogueira Cordeiro
...........................................................................................................................................................................................................
N.B: Comentários de Rosil: Muito obrigado ao meu velho amigo Sidney, companheiro de tantas jornadas radiofônicas, carnavalescas e turísticas,  pelas palavras e pela visita em nosso blog, é pena que a Massa FM por motivos que não nos diz respeito, debandou-se para Paranaguá, mas tudo bem, continuamos por aqui fazendo a nossa parte, e é como sempre digo lá na rádio, nós da nova Rádio Antoninense FM 98,3KHz,  viemos para somar e não para dividir pois o sol nasce para todos, onde respeitamos todos os profissionais da área e temos a certeza de que a recíproca é verdadeira. Abraço.

sábado, 5 de junho de 2010

AS MAIS BELAS CANDIDATAS DO LITORAL... DEU NO BLOG DO GIL



Ainda não sei quais mulheres virão aí para disputar as eleições de outubro, mas uma coisa já é certa, teremos as candidatas para Assembleia Legislativa e Câmara Federal, mais belas do Paraná.

Com a firme decisão de Leslie Camargo (PTN) na disputa como deputada estadual será dela, o rosto mais bonito que teremos na corrida por uma vaga na Assembleia Legislativa.

Por sua vez, na disputa por uma cadeira como deputada federal estamos bem representados no quesito beleza pela primeira-dama Jozaine Baka (PDT).

Poderemos até perder as cadeiras, mas certamente sairemos vitoriosos no quesito beleza com Leslie (direita) e Jozaine (esquerda).

Fonte: Doa a quem doer
...................................................................................................................................................................
NB.: Comentários de Rosil: Já que os homens candidatos do litoral ainda não decolaram, eis duas boas opções, com todo o respeito...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

OBRIGADO DR. RUBENS MIRANDA, VALEU !

A Comarca de Antonina passa a contar, desde o dia 1ª/06, com um novo delegado de polícia. Trata-se de Artur Luiz Zanon, que está substituindo o delegado Rubens Miranda Junior. A apresentação do novo delegado foi feita através de uma cerimônia para a despedida de Rubens Miranda e posse de Artur Luiz Zanon como titular da Delegacia da Comarca de Antonina. Dr. Artur Luiz Zanon, casado com Margarete, que tem como filhos, Mariana, Carolina e Artur Filho.

Zanon foi Delegado de Pinhais e de Colombo e pretende dar continuidade ao excelente trabalho desenvolvido pelo seu antecessor. A cerimônia de despedida de Rubens Miranda e apresentação do novo delegado de Antonina contou com a presença de várias autoridades municipais, entre as quais os prefeitos de Antonina e Guaraqueçaba, Carlos Augusto Machado e Riad Said Zahoui, respectivamente, o juiz de direito Dr. Ricardo Henrique Ferreira Jentzsch; o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Carlos de Souza, o Delegado-chefe da 1ª Subdivisão Policial, José Sudário da Silva, entre outras autoridades e imprensa local.
..................................................................................................................................................................
N.B.: Comentários de Rosil: OBRIGADO DR. RUBENS, esperamos que o novo delegado continue o seu difícil trabalho de melhorar a segurança à população. Antonina agradece. VALEU...

quinta-feira, 3 de junho de 2010

COMUNIDADE RURAL DO CEDRO RECEBEU O MUTIRÃO DA SAÚDE


A Comunidade Rural do Cedro, ficou muita grata ao receber no dia 22/05 o Mutirão da Saúde, comandada pelo Dr. Paulo Vieira Azim, Secretario de Saúde e sua equipe composta por 23 profissionais da saúde.
Foram realizadas consultas ginecológicas (Dra Alexandra) , preventivo de câncer de colo de útero (papanicolau); consultas com o ortopedista (Dr Fernando), avaliações, indicações de tratamentos, prescrição de medicamentos, exames laboratoriais e encaminhamentos médicos; consultas com o clínico geral (Dr Paulo Cândia) , avaliações, indicação de tratamentos, prescrição de medicamentos, exames laboratoriais e encaminhamentos médicos e muito mais.



Eis o relatório dos trabalhos:
Foram vacinadas 186 pessoas entre homens mulheres e crianças:

Gripe A H1N1

Gripe influenza (idoso)

Anti- tetánica

Triplice viral e bacteriana

Póliomelite sabim

Dtp+hib tetra

Hotavirus

Ginecologia

Foram realizados 27 atendimentos ginecológicos preventivo de câncer de colo de útero (papanicolau) e consulta ginecológica.

Clínica geral

Foram realizados 52 consultas com o clinico geral, avaliações, indicação de tratamentos, prescrição de medicamentos, prescrição de exames laboratoriais, encaminhamentos médicos, Hiperdia e visitas domiciliares para pessoas acamadas.

Medicamentos

Todos os pacientes foram atendidos com medicamentos indicados pelos profissionais. A secretaria de saúde levou todos os medicamentos básicos para o atendimento da população.

A mobilização dos profissionais da saúde deu-se por volta das 07:00 hrs da manhã, horário de partida com destino ao Cedro, e teve seu retorno as 20:00 hrs

Atendimentos

Foram atendidas um total de 213 pessoas entre homens, mulheres, idosos, adultos, jovens e crianças, atendimentos no posto de saúde e atendimentos domiciliares, atendimento volante com apoio de transporte.

A Secretaria de Saúde mobilizou 23 profissionais entre médicos, profissionais de enfermagem e agentes de apoio.

CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO

A secretaria de saúde levou para o posto de saúde do Cedro equipamento odontológico novo para ser instalado e para iniciar o tratamento dentário da população local

A população do cedro terá atendimento odontológico principalmente às crianças, inicialmente a cada 15 dias.


Organização

O multirão da saúde no Cedro foi realizado pela Secretaria de Saúde com a participação do secretário José Paulo Vieira, Gilson Luiz de Souza (Cuca) – Diretor de Saúde, Odileno Garcia Toledo – Coordenador de Saúde. Teve apoio da Secretaria de Educação e contou ainda com a presemça do Prefeito Municipal, Carlos Augusto Machado (Canduca).



Fonte: Mais Antonina
..................................................................................................................................................................
NB.: Comentários de Rosil: Trabalhos assim, dá gosto de divulgar onde esperamos que aconteça mais vezes e se estenda as demais localidades loginquas, parabéns aos organizadores. O que poucas pessoas sabem é que o jovem Odileno G. Toledo,servidor de carreira da saúde, entre outros ténicos e a equipe acima na foto, são um dos braços direito e esquerdo do Dr. José Paulo, Sec. de Saúde, assim como do Prefeito Canduca, onde com as suas experiencias dão  um bom suporte a Administração hospilatar de Antonina, de forma exemplar, servindo de referência em todo o litoral. E aguardem, vem ai a Construção de um Novo Hospital no mesmo local do velho e remendado HSBL, logo trarei as informações detalhadas. Esperaaaaaaaa!