Pesquisar neste blog

ANTES DE SAIR DESTE BLOG CLIC NUMA DE NOSSAS PUBLICIDADES

ACONTECENDO VOCÊ FICA SABENDO, AQUI:

sexta-feira, 6 de julho de 2012

TUDO PRONTO...COMEÇA O FESTIVAL DE INVERNO, MESMO COM A GREVE DOS MESTRES DA UFPR



Neste dia 07 – Sábado
10h00 às 12h00 / 14h00 às 18h00 – Estação Ferroviária
“A Caixarola” – Cia. Madri Lopes
A Cia. Madri Lopes, fundada em 2011, produz peças poéticas e dinâmicas. Este ano apresenta seu espetáculo num espaço cênico reduzido, com curtíssima duração, para um espectador por vez. O teatro “lambe-lambe”, também conhecido como o Teatro de Miniaturas, é uma linguagem de formas animadas que ocupa um espaço cênico mínimo, formado por um pequeno palco, permeando uma linguagem poética e interativa.

12h30 – Rua (em frente ao Theatro Municipal)
“A Farsa do Boi” – Cia. Serial Cômicos
O espetáculo de rua “A Farsa do Boi”, com texto de Adriano Barroso e direção de Thadeu Peronne, traz para o público a morte e a ressurreição do Boi numa encenação que funde as linguagens do Teatro Popular de Belém do Pará com a Comédia Dell’Art Italiana. A Cia. Serial Cômicos, desde 2006, vem produzindo espetáculos de qualidade e de destaque no cenário nacional. O grupo foi fundado pela atriz Mazé Portugal e hoje tem núcleos em Curitiba e São Paulo.
16h00 – Theatro Municipal
Música para Todos – Programa de Inclusão Musical
A UFPR desenvolve um programa de iniciação musical para crianças de 7 a 14 anos. O projeto se desenvolve em duas fases: na 1ª, o aluno participa de aulas coletivas onde tem noções de teoria e história da música, canto, piano, percussão, instrumentos de orquestras e violão. Na 2ª fase, opta por uma das modalidades aprofundando seus conhecimentos. Durante as duas fases as crianças participam do coral infantil. A coordenação do Projeto é de Doriane Rossi, regência de Íria Braga e, no piano, Guilherme Franco.
18h30 – Theatro Municipal
“Criança de Mim” – Grupo de MPB da UFPR
Canções e quadrinhas infantis foram a inspiração para o espetáculo “Criança de Mim”, produzido pelo Grupo de MPB da UFPR. Com direção musical de Doriane Rossi e direção cênica de Carlos Daitschman, é composto por músicas que nos remetem a canções da infância e suas metáforas, bem como a fantasias e esperanças, somando-se aos medos e inseguranças, que constituem tanto o universo infantil quanto o adulto.
21h30 – Palco Principal
Abertura Oficial
22h00 – Palco Principal
Show de Abertura
A Banda Mais Bonita da Cidade
São Paulo, março de 2012 - Rearranjar e tocar músicas de outros compositores, dar à música o peso do personagem cantado – esta é a ideia que fez surgir, em 2009, A Banda Mais Bonita da Cidade. Composta por cinco integrantes, o grupo ficou conhecido em todo o País e internacionalmente a partir de maio de 2011, após postar na internet o vídeo de uma de suas músicas, "Oração", de Leo Fressato.
Uyara Torrente (vocal), Diego Plaça (baixo), Luís Bourscheidt (bateria), Rodrigo Lemos (guitarra) e Vinícius Nisi (teclado) são os integrantes da banda de nome inspirado no conto de Charles Bukowski, A Mulher Mais Linda da Cidade. Todos estão radicados em Curitiba e, exceto Uyara, que estudou Artes Cênicas, os demais cursaram música – produção sonora.

Dia 8 – Domingo
12h30 – Theatro Municipal
“Música para Brincar” – Siricutico
O show “Música para Brincar” foi criado com o objetivo de aproximar as crianças do universo musical, lúdico e artístico, através de um repertório que instiga o público a imaginar e criar. Dando ênfase a reflexões educativas, de forma descontraída e cômica, o repertório conta com canções próprias e com algumas canções antigas, ora coreografadas, ora encenadas, unidas por instrumentalização singular, leve e fluída.


17h00 – Igreja São Benedito
Madrigal da UFPR
O Madrigal da UFPR é um grupo formado por 21 cantores oriundos do Coro da UFPR que se reuniu com a finalidade de aprimoramento no estudo da técnica de canto erudito. Este ano, pelo destaque e reconhecimento público de seu trabalho, o Madrigal é o mais novo Grupo Artístico da Universidade Federal do Paraná. No repertório deste concerto o Madrigal transita por vários períodos da História da Música, desde a música antiga - com peças do renascimento e do barroco - até compositores contemporâneos, o que permite a exploração de novas sonoridades e possibilidades de expressão da voz humana.
18h30 e 21h00 – Theatro Municipal
“Valsa 30” – Téssera Companhia de Dança da UFPR
“Valsa 30” marca não apenas o centenário da UFPR (1912-2012), mas o centenário de nascimento do dramaturgo Nelson Rodrigues. Esta ‘coincidência comemorativa’ proporcionou, portanto, a escolha de uma de suas obras psicológicas, ‘Valsa Nº 6’, para a criação de uma nova abordagem da obra literária, por meio da dança moderna transformada em ‘Valsa 30’ numa alusão direta aos trinta anos da própria companhia, cujo repertório mescla dança e elementos de teatro. A estrutura coreográfica é fragmentada, como os devaneios, as memórias e a tomada de consciência da personagem central. A montagem permeia uma descoberta implacável, revolta, medo, angústia, terror, saudade e a solidão irremediável a qual a personagem está submetida.
20h00 – Igreja São Benedito
Coro da UFPR
Sob a direção do maestro Alvaro Naldony, o Coro da UFPR desenvolve um trabalho intenso na formação de cantores, pesquisando técnica vocal e novas possibilidades de expressão. Neste ano, a proposta do Coro é realizar peças que, distanciadas da esfera afetiva do Romantismo, demandam ferramentas expressivas capazes de dimensionar o silêncio, o triunfo, o deboche, o valor da vida, entre outros. Tais exigências estão nas obras de compositores consagrados - como Palestrina, Gabriel Faurè e Brahms - que serão apresentados neste concerto.
22h00 – Palco Principal
Orquestra Viola e Cantoria
Fundada em fevereiro de 2006, a Orquestra Viola e Cantoria, formada exclusivamente por violas caipiras, preparadas em diferentes afinações, nos remete a paisagens sonoras do meio rural e tem como proposta pesquisar e resgatar a música caipira. O espetáculo consiste na apresentação de músicas do cancioneiro caipira brasileiro, juntamente com explicações dos motivos e “causos” que as levou a serem compostas.

...............................................................................................................................................................................
NB.: Na segunda eu divulgo o resto.
UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA A TODOS.

Um comentário:

Joao Vitor e Mariana Cysne disse...

VISITE!!!!!!

http://antoninacidademaravilhosa.blogspot.com.br/